LHLN_Thumb
17.AGO.16 - 08:54

Alunos mais inteligentes jogam videojogos

Um estudo do Royal Melbourne Institute of Technology concluiu que quem joga videojogos tem melhores resultados académicos. A investigação foi realizada com 12 mil estudantes.

Afinal, a tua mãe estava errada sempre que disse para parares com os videojogos e ires estudar. Segundo uma investigação do Royal Melbourne Institute of Technology os videojogos não afetam, pelo menos negativamente, os resultados académicos.

O estudo concluiu que os estudantes que jogavam videojogos quase todos os dias tinham melhores notas a matemática, literatura e ciência. 

«Quando jogas estás a resolver puzzles para conseguir evoluir para o próximo nível e isso envolve o uso de conhecimentos de matemática, leitura e ciência que foste aprendendo», refere Alberto Posso, um dos docentes que coordenou o estudo, no site da instituição.

As redes sociais, por sua vez, têm o efeito inverso. Quem utiliza frequentemente redes sociais como o Facebook ou Twitter tem resultados 4% inferiores à média geral. 78% dos inquiridos disse ir às redes sociais todos os dias. 

No entanto, o estudo não provou também que os videojogos são causa direta de melhoria dos resultados académicos. No ar, ficam as possibilidades de que os alunos mais dotados para a matemática, literatura ou ciências tenham mais probabilidade de gostar de videojogos ou conseguem ter mais tempo livre para estas atividades. 

«Os professores deviam reconsiderar a possibilidade de incorporar os videojogos no ensino, desde que não sejam dos violentos», afirma também Alberto Posso. 

A investigação foi realizada com 12 mil estudantes australianos e procurou avaliar a relação entre as atividades extracurriculares e interesses dos jovens e os seus resultados académicos.

Facebook Twitter