LHLN_Thumb
07.MAR.17 - 15:10

NOVA cancela conferência após pressão de estudantes

O movimento Nova Portugalidade viu a conferência agendada para esta terça-feira, 7 de março, com o politólogo Jaime Nogueira Pinto, ser cancelada. Após críticas da AE da FCSH, a direção da instituição decidiu anular o evento.

 A palestra «Populismo ou Democracia? O Brexit, Trump e Le Pen em debate», no qual Jaime Nogueira Pinto seria o orador, foi cancelada pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade NOVA de Lisboa. A decisão da instituição prende-se com uma moção aprovada pela AE da FCSH que solicitava o cancelamento do debate.

A moção argumentava que o evento em causa estava «associado a argumentos colonialistas, racistas, xenófobos que entram em colisão com a mais básica democraticidade e inclusividade».

Nogueira Pinto afirmou ontem, em declarações ao DN, que a direção da Universidade cancelou o debate depois de ameaças da Associação de Estudantes. «Tinha sido convidado por um grupo cultural de jovens patriotas, de uma organização chamada Nova Portugalidade, para ir fazer uma conferência mas parece que numa Reunião-Geral de Alunos, a Assembleia Geral, que é maoista ou do Bloco de Esquerda, nem sei bem, fez um grande protesto a dizer que a conferência era uma coisa fascista, reacionária e colonialista», declarou o politólogo.

Em resposta às críticas de Nogueira Pinto, a AE da FCSH comunicou em nota publicada no Facebook que por serem «efetivamente, uma universidade onde a liberdade de pensamento e o pensamento crítico são promovidos» não compactuam «com eventos apresentados como debates sob a égide de propaganda ideológica dissimulada de cariz inconstitucional»

O diretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da NOVA, Francisco Caramelo, nega que o motivo do cancelamento tenham sido ameaças, mas apenas o evitar de eventuais cenas de violência.

Facebook Twitter