LHLN_Thumb
27.NOV.17 - 10:51

Os Caminhos começam hoje

Festival Caminhos do Cinema Português inicia hoje a sua 23ª edição

A cidade de Coimbra recebe a Seleção Caminhos, uma das vertentes competitivas do festival, em sete dias ou 60 horas de cinema português, com destaque para os filmes “Quem é Bárbara Virgínia?” e “O Homem de Trás-os-Montes”.

A cerimónia de abertura do festival está marcada para as 21h45, no TAGV, e inclui o visionamento de “A Costureirinha”, produção da sexta edição do curso de cinema - ‘Cinemalogia’.
 
Antes disso, a sessão inaugural da presente edição dos Caminhos do Cinema Português começa às 15 horas, no Teatro Académico Gil Vicente (TAGV), com “A Tocadora”, um filme de animação de Joana Imaginário. De seguida, os documentários “António e Catarina” de Cristina Hanes, vencedor do Prémio Pardino d’Oro do Festival de Cinema de Locarno, e “Quem é Bárbara Virgínia?”, de Luísa Sequeira, sobre a primeira mulher a realizar um filme em Portugal, encherão a tela do festival. 

Às 17h30 terá lugar a Sessão Juvenis. Numa homenagem a Manuel Guimarães, “único realizador neorrealista do cinema nacional”, é exibido o documentário realizado por Leonor Areal, “Nasci com a Trovoada - Autobiografia póstuma de um cineasta”. 

A última sessão do dia, da Seleção Caminhos, traz-nos a curta de animação “Água Mole”, de Laura Gon¬çal¬ves e Ale¬xan¬dra Rami¬res (Xá), “feita com recurso a gravura e combinando relatos reais e uma narrativa ficcionada sobre a desertificação do interior do país”, a animação de Sara Barbas, “Última Cha¬mada”, o documentário de ficção “Ubi Sunt” de Salomé Lamas, e as curtas-metragens “Farpões Baldios”, de Marta Mateus, e “O Homem de Trás-os-Montes” de Miguel Moraes Cabral.

Os bilhetes pontuais encontram-se à venda nos locais de exibição e custam entre 4€ (para estudantes, seniores, sócios e desempregados) e 5€ (para o público geral).

O 23º Festival Caminhos do Cinema Português dura até dia 5 de dezembro. Sabe mais aqui.

Facebook Twitter